segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Grêmio-PP acusa São Paulo de aliciar jogador das categorias de base


Ex-volante e empresário Bernardo Fernandes da Silva é um dos autores da queixa. Clube do Morumbi nega ação


O Grêmio Prudente acusa o São Paulo de aliciar o atleta Paulo Henrique, que estava prestes a completar 16 anos e a assinar seu primeiro contrato como profissional. Verbalmente, sua transferência já estava acertada para o Coritiba. Porém, os familiares do jogador acabaram preferindo o time paulista.
O ex-volante e empresário Bernardo Fernandes da Silva é um dos autores da queixa. Ex-atleta de São Paulo e Corinthians ele é um dos signatários de documento de repúdio contra o São Paulo enviado a Abex, associação que reúne executivos do futebol brasileiro. Além de empresário, ele é vice-presidente do Grêmio Prudente. A denúncia cita José Geraldo de Oliveira, supervisor das categorias de base do São Paulo.
Adalberto Baptista, diretor de futebol profissional e amador do São Paulo diz desconhecer o caso, mesmo assim nega o aliciamento.
“É crime falar que o Geraldo alicia jogadores. Não fazemos isso, os atletas batem à nossa porta e nós aceitamos quem está livre. Quem tem contrato com o jogador não perde o atleta. É só você perguntar para as famílias e para esses meninos se nós fomos atrás ou se eles vieram aqui por causa da nossa estrutura”, disse o cartola são-paulino. O blog não localizou Geraldo para falar sobre o tema.
Leia abaixo trechos do manifesto elaborado pelo Prudente, que fala em defender seus direitos na Justiça. (Com Blog do Perrone-UOL)
Fonte: ifronteira.com

Feed Grêmio Prudente